SEAS | Plano Saúde Sazonal Verão

É prioridade do Governo proteger as populações mais vulneráveis.

“É nossa prioridade proteger os idosos, mas também as grávidas, as crianças, os doentes crónicos, e as pessoas que exercem atividades ao ar livre”, disse o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, 22 de junho, em Alpiarça, por ocasião da apresentação pública do Plano de Contingência Saúde Sazonal – Módulo Verão.

Na sessão de encerramento, António Lacerda Sales salientou que o programa, criado em 2004, “nasceu para minimizar os potenciais efeitos das temperaturas extremas na saúde da doença”, referindo as consequências nefastas decorrentes, “como a desidratação e a descompensação das doenças crónicas”, donde resulta a “necessidade de proteger as populações mais frágeis”.

O governante salientou que “Portugal é um dos países europeus vulneráveis às alterações climáticas e aos fenómenos climáticos extremo”, onde se regista “um aumento da temperatura média global” e também do “número de dias por ano com temperaturas elevadas”.

Neste contexto, António Sales considera “particularmente relevante” definir orientações estratégicas e recomendações para a época sazonal “que permitam comunicar o risco e a gestão dos riscos à população”.

Estas orientações constam do Plano de Contingência Saúde Sazonal, enquadrado por normativos legais, que reforçam a necessidade de todos os serviços e estabelecimentos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), com destaque para as Administrações Regionais de Saúde, implementarem Planos de Contingência específicos de nível local e regional.

O Secretário de Estado salientou ainda a relevância da colaboração com as estruturas regionais e locais, para garantir a acessibilidade e rapidez de contacto com um serviço de saúde, bem como o aconselhamento e eventual encaminhamento para os serviços de saúde. “O trabalho em parceria com o poder local é determinante na implementação das medidas necessárias ao bem-estar das populações”, disse.

De: https://www.sns.gov.pt/noticias/2022/06/22/seas-plano-saude-sazonal-verao/

Comments are closed.